quinta-feira, 5 de agosto de 2010

UM MAR DE ORQUÍDEAS...

No Parque Natural do complexo dunar do Corrubedo e lagoas de Carregal e Vixán podemos observar lindíssimas orquídeas.

Epipactis palustris


Epipactis palustris var. ochroleuca


















Spiranthes aestivalis


















Imagens registadas em Corrubedo, Ribeira, Corunha, Galiza, a 29/07/10.

5 comentários:

Américo M.S. Pereira disse...

Belas orquídeas e belas fotografias!...
Uma zona a descobrir, aqui relativamente perto.

Anónimo disse...

Gostei muito do vosso blog!

Espero que a publicação das Orquídeas Silvestres vos ajude a encontrar novos locais e plantas para fotografarem!

Muitos parabéns!

Sara Gaspar
(Exploratório - Centro de Ciência Viva de Coimbra)

Letícia disse...

Olá amigos, deixo aqui a minha dica:
A Rede de Popularização da Ciência e da Tecnologia da América Latina e do Caribe (Red-POP) recebe até 15 de novembro, propostas de trabalho para a 12ª Reunião Bienal (http://www.mc.unicamp.br/redpop2011/) que acontece no Brasil, organizada pelo Museu Exploratório de Ciências (MC), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), de 29 de maio a 2 de junho de 2011.
Com o tema “A profissionalização do trabalho de divulgação científica”, o encontro aceitará tanto trabalhos de pesquisa, de caráter acadêmico, quanto de profissionais da área, interessados em relatar suas experiências. Cinco eixos temáticos vão nortear a 12ª Reunião: Educação não-formal em ciências; Jornalismo científico; Programas e materiais para museus de ciências: materiais e práticas concretas; Museografia e museologia científica; Público, impacto e avaliação dos programas.

Ana Maria B disse...

Especialmente bonita, não há em Portugal?

Insectos a florir disse...

A Epipactis palustris, outrora abundante, nomeadamente próximo de Aveiro, já não é observada desde 1961 em Portugal. Provavelmente, encontra-se extinta.